Detalhe

Novo ministro da Educação toma posse em Brasília

09/04/2019 | Por: ABMES | 551

A ABMES esteve presente nas duas cerimônias realizadas hoje (09), em Brasília/DF, e que marcaram a posse do novo ministro da Educação, Abraham Weintraub. Primeiro, no Palácio do Planalto, o recém-titular da pasta foi empossado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Na ocasião, o ministro disse que espera “acalmar os ânimos” e trabalhar para entregar o que foi prometido por Bolsonaro durante sua campanha eleitoral.

Mais tarde, em cerimônia de transmissão de cargo realizada na sede do Ministério da Educação (MEC), o novo ministro destacou os objetivos de pacificar a pasta e de retribuir o contribuinte, responsável pela manutenção da estrutura do MEC, com a prestação de bons serviços.

Ao fim da segunda solenidade o diretor executivo da ABMES, Sólon Caldas, teve a oportunidade de apresentar a Associação ao novo ministro, bem como falar sobre a relevância do setor particular de educação superior para o país. Caldas também ressaltou a disponibilidade do setor para contribuir com o desenvolvimento das políticas necessárias para a área.

Expectativa do setor
“Independente do nome indicado para assumir a pasta, tem o apoio do setor, que sempre contribuiu para a formulação de políticas públicas importantes para o desenvolvimento da educação brasileira. O que realmente importa é daqui para a frente”, avaliou Caldas.

Para o diretor executivo da ABMES, a expectativa é de que o novo ministro tenha um olhar diferenciado para as políticas de inclusão que precisam ser implantadas e/ou aperfeiçoadas, de modo a permitir a democratização do acesso e a inclusão dos menos favorecidos economicamente na educação superior.

Sobre o novo ministro
Abraham Weintraub é professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), mestre em administração na área de finanças pela Faculdade Getúlio Vargas (FGV) e graduado em Ciências Econômicas pela Universidade de São Paulo (USP). Executivo do mercado financeiro, atuou como economista-chefe e diretor do Banco Votorantim e como sócio na Quest Investimentos. Weintraub integrou a equipe de transição do governo do presidente Jair Bolsonaro e ocupou o cargo de secretário executivo da Casa Civil, sob o comando de Onyx Lorenzoni.