Detalhe

Secretário do MEC espera 100 mil vagas do Fies juro zero preenchidas

09/06/2018 | Por: Valor Econômico | 136
Foto: Alvinho Moraes/CBESP

O secretário da área de educação superior do Ministério da Educação (MEC), Paulo Barone, disse que sua expectativa é terminar o ano com as 100 mil vagas de Fies (programa de financiamento estudantil do governo), da modalidade juro zero, preenchidas com as reformulações anunciadas nesta semana. No primeiro semestre, só 35 mil vagas foram preenchidas.

Entre as mudanças, anunciadas nesta semana, estão o financiamento de pelo menos 50% da mensalidade e aumento de R$ 30 mil para R$ 42,9 mil de um curso semestral.

Barone disse ainda que representantes do MEC conversaram com BNDES, fundos constitucionais e bancos para viabilizar o P-Fies, modalidade do financiamento estudantil que usa recursos dessas fontes (BNDES e fundos regionais e constitucionais) mas administrados por bancos.

“Um dos problemas que havia, por exemplo, é que a instituição de ensino precisava ter uma conta bancária com um dos agentes repassadores antes mesmo de fechar contrato com o aluno. Caso contrário, a faculdade perdia todos esses alunos. Agora, a faculdade pode abrir essa conta após fechar com o aluno”, disse o secretário durante congressso da Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), que está sendo realizado na Bahia.

Barone alega que esse é um dos motivos para o P-Fies ter captado apenas 800 alunos no primeiro semestre.


Conteúdo Relacionado

Vídeos

XI CBESP | Confira o encerramento do maior evento da educação superior brasileira

O último dia da 11ª edição do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP) contou com a participação de representantes do Ministério da Educação e conselheiros do CNE. Confira os melhores momentos!

XI CBESP | Conheça os patrocinadores do evento

Confira quem são os parceiros que apoiaram a 11ª edição do maior congresso da educação superior brasileira, o CBESP 2018. Alguns deles acompanham a iniciativa desde sua primeira edição!

XI CBESP | Destaques do segundo dia do evento na Ilha de Comandatuba/BA

O segundo dia da 11ª edição do maior evento da educação superior do Brasil, o CBESP 2018, foi de muito aprendizado, troca de experiências e networking. Confira os principais destaques neste vídeo!

XI CBESP | Confira como foi o primeiro dia do evento

Na quinta-feira (6/6) teve início o maior congresso da educação superior brasileira. O evento foi aberto pelo diretor presidente da ABMES, Janguiê Diniz, e a conferência de abertura contou com a presença de William Douglas, professor e juiz federal brasileiro. Confira como foi.

XI CBESP | Inclusão, inovação e educação darão o tom dos debates do congresso

Confira o tema da 11ª edição do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP) e a importância dos debates que serão realizados no maior evento da educação superior do país

XI CBESP | Principal congresso de educação superior do Brasil desembarca na Bahia

O Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP) já é reconhecido como o maior evento do setor no país, especialmente em razão do conteúdo das palestras apresentadas e da presença de especialistas renomados, além das principais lideranças do setor e de autoridades governamentais e políticas. Na 11ª edição, a programação terá um diferencial com dois temas de grande relevância para as IES. Confira:

Conheça o novo Fies

Com regras simplificadas, o novo Fies garantirá pouco mais de 300 mil vagas nas IES privadas em 2018.

Reforma do Fies é aprovada pelo Senado Federal

O Senado aprovou a medida provisória (MP) que reformula o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Sem alterações em relação ao texto que já havia recebido aval na Câmara dos Deputados, o texto segue para sanção presidencial.

Câmara aprova MP que muda regras do Fies

A MP 785 foi aprovada na Câmara dos Deputados e seguiu para tramitação no Senado Federal, onde precisa ser votada até 17 de novembro.

Durante a votação, foram feitas alterações no texto original, como a retirada da possibilidade de instituições participantes do Proies oferecerem bolsas para educação na modalidade a distância e a exclusão da possibilidade de o estudante trabalhador usar recursos do FGTS para amortizar ou quitar empréstimos do Fies.

Notícias

Novo Fies não emplaca e MEC tenta atrair bancos

Brasil Escola: Modalidade recém-criada teve apenas 800 contratos firmados no primeiro semestre. ABMES aponta falhas no Fies

Principal aposta para alavancar Fies só teve 800 vagas preenchidas em 2018

UOL: Portal repercute matéria do Estadão afirmando que 210 mil das 300 mil vagas serão oferecidas por meio de financiamentos realizados por bancos, enquanto 100 mil terão financiamento direto do governo. Novos contratos podem ser efetuados até 25 de junho

Governo efetivou apenas 24% das vagas do Fies anunciadas por Temer

Valor Econômico: O jornal repercute entrevista do diretor presidente da ABMES, Janguiê Diniz, para a Folha de S. Paulo, sobre a baixa adesão ao P-Fies

Os riscos do Fies

O Dia - IG: Grande número de endividados mostra que financiamento estudantil exige cuidado

"Fies privado", P-Fies teria fechado só 800 dos 210 mil contratos de 2018

Correio Braziliense: Já o Fies 1, financiado diretamente pelo governo, preencheu 35 mil das 100 mil vagas de 2018

Fies preenche 35 mil vagas financiadas pela União

Isto É: A modalidade contratada junto a bancos privados, chamada P-Fies, cuja previsão é a oferta de 210 mil vagas neste ano, preencheu, até o momento, apenas 800, de acordo com o diretor da ABMES, Sólon Caldas.

Financiamento estudantil como chave para expansão do ensino superior

Correio Braziliense: É assim que representantes de faculdades particulares que participam de congresso na Bahia enxergam o programa

Principal aposta para alavancar Fies só teve 800 vagas preenchidas em 2018

Estadão: 210 mil das 300 mil vagas serão oferecidas por meio de financiamentos realizados por bancos, enquanto 100 mil terão financiamento direto do governo. Novos contratos podem ser efetuados até 25 de junho

Participação de graduação híbrida deve subir para 21%

Valor Econômico: Reportagem produzida durante o XI CBESP, fala sobre projeções apresentadas no congresso de que daqui a cinco anos, a fatia de alunos matriculados nos chamados cursos híbridos aumentará dos atuais 4% para 21% no mercado particular de educação superior

Mudanças no Fies não terão impacto relevante para o setor, diz associação

Valor Econômico: Matéria aborda as novas regras do Fies 2/2018, anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC) em 6 de junho de 2018, que, segundo o diretor executivo da ABMES, Sólon Caldas, não devem trazer impactos relevantes

Governo efetivou apenas 24% das vagas do Fies anunciadas por Temer

Folha de S. Paulo: Em entrevista ao jornal, o diretor presidente da ABMES, Janguiê Diniz, avalia a baixa adesão ao P-Fies

Fies preenche 35 mil vagas financiadas pela União

Agência Brasil: Em entrevista à Agência Brasil, o diretor executivo da ABMES, Sólon Caldas, fala sobre a baixa adesão ao P-Fies

Congresso do ensino superior particular tem 450 participantes

Correio Braziliense: Na sessão de abertura, Janguiê Diniz, diretor presidente da ABMES, elogiou a decisão do ministro da Educação, Rossieli Soares, de ampliar de R$ 30 mil para R$ 42 mil o teto semestral do Fies, restabelecendo o valor que valia até o segundo semestre de 2016

MEC publica novas regras para o Fies do segundo semestre

O dispositivo legal define todas as etapas necessárias para que instituições de ensino superior participem do programa

Fies vai voltar a atender cursos com mensalidade de até R$ 7 mil, anuncia MEC

G1: Valor máximo que um contrato de financiamento poderia ter era de R$ 30 mil por semestre; mas, a partir do segundo semestre, ele vai ser 40% maior, para R$ 42 mil por semestre, ou R$ 7 mil por mês

Inscrições abertas para vagas remanescentes do Fies

As novas oportunidades preencherão as vagas do processo anterior, em que, por diversos motivos não tiveram o empréstimo total ou parcial contratado junto ao agente financeiro