Detalhe

Prouni 2020: Resultado da primeira chamada é divulgado; veja como acessar

04/02/2020 | Por: G1 | 178
Foto: Shutterstock

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira (4) o resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2019. O resultado pode ser acessado na página do Prouni.

O Prouni oferece bolsas de estudo parciais e integrais em cursos de graduação de instituições particulares no Brasil. As inscrições foram encerradas às 23h59 de sábado (1).

Para concorrer às bolsas, era necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 e tirado, no mínimo, 450 pontos na média da prova. Quem zerou a redação está eliminado do processo.

A atual edição do Prouni vai selecionar estudantes para 251.139 bolsas parciais e integrais para faculdades privadas com base nas notas do Enem.

O encerramento do período de inscrições foi estendido pelo MEC por causa da suspensão na justiça do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), após erro na correção do Enem de 2019.

Cronograma do Prouni 2020

  • Fim das inscrições: 1 de fevereiro de 2020 (às 23h59)
  • Primeira chamada: 4 de fevereiro de 2020
  • Entrega dos documentos para garantir a matrícula: 4 a 11 de fevereiro de 2020
  • Adesão à lista de espera: 6 a 9 de março de 2020

Como funciona o Prouni?
O Prouni é um sistema que seleciona candidatos do Enem para vagas em cursos de graduação de instituições privadas com bolsa de estudos parcial ou integral, segundo a nota do exame.

Cada candidato pode selecionar até duas opções de curso durante o período de inscrições pela internet.

Ao final da seleção, os candidatos aprovados devem levar até as instituições os documentos para comprovar que atendem os requisitos de bolsistas.

Quem pode se inscrever no Prouni?
Para participar, o candidato precisa ter feito a edição 2019 do Enem e não pode ter um diploma do ensino superior. Também é preciso se enquadrar em um dos seguintes critérios de renda:

Para concorrer às bolsas integrais: renda familiar bruta mensal per capita de até 1,5 salário mínimo (R$ 1558,5 - pelo salario mínimo nacional)

Para concorrer às bolsas parciais: renda familiar bruta mensal per capita de até 3 salários mínimos (R$ 3117 - pelo salario mínimo nacional)

Além disso, é preciso se encaixar em pelo menos uma das seguintes situações:

  • ter cursado o ensino médio completamente em escola pública
  • ter cursado o ensino médio completamente em escola privada, desde que na condição de bolsista integral
  • ter cursado o ensino médio parcialmente em escola privada, desde que na condição de bolsista integral
  • ser portador de uma deficiência
  • ser professor do quadro permanente de uma escola pública (nesse caso, o critério de renda familiar não se aplica)

Conteúdo Relacionado

Legislação

EDITAL SESU Nº 66, DE 05 DE NOVEMBRO DE 2019

Torna público o cronograma e demais procedimentos relativos à adesão e à emissão de Termo Aditivo ao processo seletivo do Programa Universidade para Todos - Prouni referente ao primeiro semestre de 2020.


EDITAL SESU Nº 71, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2019

Torna público o cronograma e demais procedimentos relativos ao processo seletivo do Programa Universidade para Todos - Prouni referente ao primeiro semestre de 2020.


EDITAL SESU Nº 6, DE 28 DE JANEIRO DE 2020

Prorroga o prazo para as inscrições do ProUni. de 28 de janeiro a 1º de fevereiro de 2020, observado o horário oficial de Brasília – DF.


Notícias

Resultado da segunda chamada do ProUni já está disponível

Estudantes têm até o dia 28 para apresentar documentação

Após ser adiado, ProUni tem inscrição aberta

Período de inscrição vai até 01/02. Programa seleciona estudantes para bolsas de estudo parciais e integrais em universidades particulares

Consulta das bolsas ofertadas pelo ProUni está aberta

Ao todo, são mais de 251 mil bolsas, maior número ofertado no primeiro semestre do programa na história

Universidades já suspendem calendários temendo atraso na divulgação do Sisu

O Globo: Em entrevista, o diretor executivo da ABMES explica que a medida pode fazer com que os estudantes admitidos pelo Prouni e pelo Fies cheguem à universidade somente no segundo semestre

Coluna

Educação Superior Comentada | A concessão das bolsas acadêmicas e outros benefícios de caráter financeiro

A Coluna Educação Superior Comentada desta semana explica que havia um entendimento de que uma vez concedida determinada bolsa ou desconto específico ao aluno, não importando a modalidade ou o fundamento para sua concessão, este benefício permaneceria assegurado até a conclusão do curso. Porém, segundo Gustavo Fagundes, consultor jurídico da ABMES, esta compreensão estaria correta nas situações em que se não houvesse a clara regulamentação de cada programa de concessão de bolsa ou desconto. Sendo assim, a concessão é ato de mera liberalidade da mantenedora