Reforma trabalhista e os reflexos para as IES (Janguiê Diniz)

03/10/2017 | Por: Janguiê Diniz | 250

Conteúdo exclusivo aos nossos associados.
Faça login para ter acesso a área restrita.


Conteúdo Relacionado

Áudios

Áudio: Reforma trabalhista e os reflexos para as IES (Diego e Emerson)

Data:03/10/2017

Descrição:

Áudio de Diego Felipe Muñoz Donoso, especialista em Direito do Trabalho, sobre a Reforma trabalhista e os reflexos para as IES.

Áudio de Emerson Casali, diretor de Relações Institucionais na CBPI Produtividade Institucional, sobre a Reforma trabalhista e os reflexos para as IES.

Download

Vídeos

Reforma trabalhista e os reflexos para as IES (Matéria)

A Reforma Trabalhista, que entrará em vigor a partir do dia 11 de novembro em forma da Lei 13.467/17, ainda é motivo de muitas dúvidas entre os gestores de instituições de ensino superior de todo o Brasil. Prova disto foi o intenso número de questionamentos feitos no auditório e via internet - um recorde entre todas as edições -, nesta terça-feira (03/10), durante o seminário "Reforma Trabalhista e os reflexos para as IES”, organizado pela ABMES.

Reforma trabalhista e os reflexos para as IES (Janguiê Diniz)

Vídeo de Janguiê Diniz, Diretor Presidente da ABMES, sobre a Reforma trabalhista e os reflexos para as IES.

Reforma trabalhista e os reflexos para as IES (Diego Muñoz e Emerson Casali)

Áudio de Diego Felipe Muñoz Donoso, especialista em Direito do Trabalho, e Emerson Casali, diretor de Relações Institucionais na CBPI Produtividade Institucional, sobre a Reforma trabalhista e os reflexos para as IES. 

Notícias

Reforma trabalhista ainda gera dúvidas, mas vai melhorar segurança jurídica nas relações

Seminário realizado na ABMES reuniu especialistas e representantes do setor de educação particular

Reforma trabalhista ainda gera dúvidas, mas vai melhorar segurança jurídica nas relações

Seminário realizado na ABMES reuniu especialistas e representantes do setor de educação particular

Coluna

Educação Superior Comentada | A efetividade dos instrumentos de negociação coletiva no âmbito da Reforma Trabalhista

Ano 5 - Nº 36 - 25 de outubro de 2017

Na edição desta semana, o consultor jurídico da ABMES, Gustavo Fagundes, discorre sobre a efetividade dos instrumentos de negociação coletiva no âmbito da Reforma Trabalhista. Para ele, a partir da entrada em vigor da Lei n° 13.467/2017, os instrumentos coletivos de trabalho ganharão ainda mais efetividade, sendo certo que poderão tratar, com mais segurança, de diversos aspectos relativos às relações laborais no âmbito das instituições de educação superior particulares